ONG de proteção aos animais pede remoção de rinhas de galo de Far Cry 6

ONG de proteção aos animais pede remoção de rinhas de galo de Far Cry 6

PETA define as rinhas de galo como um “esporte sangrento”, que precisa ser removido do jogo

As rinhas de galo de Far Cry 6 estão dando o que falar. O minigame do shooter não agradou muita gente, porque na vida real esses duelos, além de ilegais em muitos países, são vistos como entretenimento em cima de maus-tratos às aves. Pois bem, agora a PETA, ONG norte-americana que se dedica aos direitos animais, pediu para a Ubisoft retirar essas brigas do jogo.

Através do Twitter, a organização publicou uma imagem do minigame, com a seguinte descrição: “Ubisoft, por favor pare de glorificar rinhas de galo. Transformar esse esporte sangrento em um jogo ao estilo Mortal Kombat banaliza a crueldade por trás disso“.

Glorificar um esporte sangrento é entretenimento para Far Cry. Galos reais possuem esporas, que rasgam carne e sangue e causam lesões agonizantes e fatais. A PETA está pedindo para a Ubisoft retirar esse minigame horrível!

Um elenco de 19 galos compõe Far Cry 6. Treze delas podem ser encontradas por toda a ilha de Yara, enquanto o restante são desbloqueados através de recompensas do Ubisoft Connect.

Como se tornar um campeão nas rinhas de galo de Far Cry 6

Apesar de polêmicas, as rinhas de galo de Far Cry 6 seguem disponíveis até o momento. Para acessá-las, basta ir à Fazenda Montero, na região de madrugada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.